Machado de Assis - Dom Casmurro



CAPÍTULO CXXXIX - A FOTOGRAFIA


Palavra que estive a pique de crer que era vítima de uma grande ilusão, uma fantasmagoria de alucinado; mas a entrada repentina de Ezequiel, gritando: — Mamãe! mamãe! é hora da missa! restituiu-me à consciência da realidade. Capitu e eu, involuntariamente, olhamos para a fotografia de Escobar, e depois um para o outro. Desta vez a confusão dela fez-se confissão pura. Este era aquele; havia por força alguma fotografia de Escobar pequeno que seria o nosso pequeno Ezequiel. De boca, porém, não confessou nada; repetiu as últimas palavras, puxou do filho e saíram para a missa.




* * *






Machado de Assis - Dom Casmurro - Links para os Capítulos

Conteúdo correspondente: